Seja Bem-Vindo! 08 de Agosto de 2020 Webmail
TRIGO (pH 78)
R$ 55,00
MILHO
R$ 45,00
SOJA
R$ 111,00
COTAÇÕES AGRICENTER PARA 07/08/2020
NOTÍCIASVoltar
Segunda nuvem de gafanhotos
Sexta, 17 de Julho de 2020 às 11:19
Último ataque do gênero ocorreu há 74 anos (1946)
Depois do alerta emitido pela Argentina, agora o Paraguai identificou uma nuvem de gafanhotos do gênero Schistocerca cancellata com 10 km² de extenção.
O foco ocorreu no Parque Cerro León ainda no dia 12/07.
Segundo o Serviço Nacional de Qualidade e Sanidade Vegetal e de Sementes do Paraguai (Senave), a nuvem deve se movimentar para a área perto da estância de La Paz, próximidades do Chaco Central.
Está é justamente a região onde se concentra a maior parte da produção agrícola do país. Nos cálculos do Senave, os prejuízos podem chegar a US$ 1,7 milhões.
De acordo com levantamento, a nuvem teria surgido no norte da Argentina em julho de 2015 e migrado para a Bolívia, onde se hospedou entre o segundo semestre de 2016 e janeiro de 2017. Em fevereiro, a nuvem chegou ao Paraguai e retornou em junho à Argentina.
Após a temporada 2018 sem ocorrências, os gafanhotos voltaram a aparecer no Paraguai em junho de 2019. Com aumento da população, 12 nuvens se formaram, iniciando um novo ciclo dos gafanhotos.
Segundo as autoridades paraguaias, seis nuvens que estavam no país foram erradicadas em 03/2019.

De acordo com informações repassadas pelo Senasa à Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul, a nuvem se aproxima do Brasil estando atualmente á 130km de Barra do Quaraí (RS).
>>>
Fonte: REVISTA GLOBO RURAL
Comentários